Faculdade Dehoniana apresenta curso de especialização em gestão religiosa paroquial

Especialização em Gestão Religiosa Paroquial 4º Módulo 
 

Está acontecendo, entre os dias 05 e 14 de janeiro de 2021, o 4º e último módulo do Curso de Pós-Graduação “Lato Sensu” em Gestão Religiosa e Paroquial para aperfeiçoar as formas de gestão religiosa e paroquial; profissionalizar as práticas de gestão; atualizar juridicamente os gestores religiosos e paroquiais e favorecer o intercâmbio entre os agentes da gestão religiosa e paroquial. Este módulo aborda disciplinas pertinentes ao campo administrativo, jurídico e religioso. 

O professor Ricardo Nogueira Garcez, advogado, ministrou a disciplina de Direitos Autorais, cuja carga horária é de 10 horas. Esta primeira disciplina pretende apresentar as noções gerais sobre os Direitos Autorais e suas interferências na vida da Paróquia, além de estudar as diversas categorias de propriedade intelectual. Compreensão dos direitos e deveres inerentes à atividade intelectual. Despertar o interesse na produção de obras literárias, artísticas e científicas diante do apoio e proteção do Estado à propriedade intelectual. 

No segundo dia na parte da manhã, a professora Adriana Cintra Carvalho voltou para finalizar os conteúdos apresentados por ela no 2º módulo. A professora Adriana ajudou no processo de finalização dos projetos de TCC, pois depois da finalização deste último módulo, os alunos começarão a empreitada da escrita do artigo científico, que configura a conclusão do processo de pós-graduação. No período da tarde, o professor Padre Daniel Aparecido de Campos, scj, que também é o coordenador do curso, ministrou a disciplina de Docência no Ensino Superior com 6 horas. A disciplina objetiva apresentar ao estudante o desenvolvimento de competências e habilidades necessárias para estabelecer processos de ensino e aprendizado no ensino superior referente aos aspectos legais, institucionais e didáticos.  

A quarta professora a contribuir com o curso será a Ana Regina de Oliveira Gama, que apresentará a disciplina de Planejamento, Organização e Execução de Projetos Sociais. Esta disciplina possui 10 horas e pretende desenvolver competências e habilidades para a gestão de projetos sociais a partir das orientações da Doutrina Social da Igreja. 

O quinto professor, a marcar presença no curso, será o professor André Luis Freitas Guimarães com a disciplina Gerenciamentos de Serviços Terceirizados com 10 horas, que procura discutir as diferentes formas de contratação disponíveis ao administrador público, descrevendo o processo de contratação, as atividades que podem ser objetos de contratação e analisando o papel do administrador no controle e na gestão de contratos. 

O professor Padre José Ronaldo de Castro Gouvêa ministrará a disciplina Espiritualidade do Administrador com carga horária de 10 horas e esta disciplina procura destacar que cada vez mais, em nossos dias, são colocados em destaque os processos de gestão, sobretudo, de pessoas, a importância de se estar atento a alguns valores referenciais, que são indispensáveis do ponto de vista do administrador, e mais ainda do administrador eclesial, que pressupõe outros tantos valores como comunidade de fé. Esta disciplina visa a destacar estes elementos, buscando um “modus operandi que integre os processos de gestão com uma visão mais humanizada dos mesmos. 

O professor Francisco Antônio Maciel Novaes apresentará o conteúdo pertinente à disciplina Escrituração Fiscal Social com carga horária de 10 horas. A disciplina tem como objetivo conhecer o sistema e-Social do Governo Federal, suas funções e sua incidência no cotidiano administrativo contábil das instituições religiosas. 

O penúltimo professor a contribuir com este módulo será o Padre Carlos Antônio da Silva, professor de Direito Canônico, apresentando a temática de Administração dos Bens Temporais, segundo o Código de Direito Canônico com a carga horária de 20 horas. As informações apresentadas nesta disciplina visam a proporcionar ao estudante as condições de conciliar o Direito do Estado com o Direito Canônico, no que se refere à gestão. Pois, quando falamos em gestão religiosa, o conhecimento da norma canônica e sua ressonância no que se refere à administração dos bens eclesiásticos é essencial para uma harmoniosa gestão, sobretudo, se considerarmos que, em se tratando de bens da Igreja, existe uma primazia da norma canônica sobre a civil, que não pode ser invertida.  Claro que as técnicas de gestão são essenciais para uma maior clareza e eficiência dos processos, o que ajuda na própria missão da Igreja. Mas a Igreja como comunidade peculiar possui em sua base valores referenciais que ressoam na própria administração e gestão eclesial, que não podem ser esquecidos, sem prejuízo das finalidades próprias da mesma Igreja. 

O último conteúdo a ser estudado neste módulo é a disciplina Seminário de TCC que pretende possibilitar aos estudantes a socialização das pesquisas realizadas ao longo das atividades do curso, especialmente referentes ao artigo científico, bem como o acolhimento das contribuições provindas das intervenções e sugestões do professor da disciplina e da comunidade de estudantes que compõem a turma. O seminário de TCC será conduzido pelo professor Padre Daniel Aparecido de Campos. 

Este último módulo deveria ter acontecido em julho da 2020, mas devido aos contratempos advindos da pandemia da COVID19, foi transferido para que se pudesse proporcionar as condições sanitárias de segurança. Mesmo com todos os problemas, o aluno Padre Anderson Godoi, reitor do Santuário Nossa Senhora Aparecida, em Tambaú/SP, afirma que é “uma experiência única estudar exemplos concretos, no dia a dia, da gestão paroquial”. A aluna Luciana Helena Boarati, participou a distância, pois está na Alemanha. Ela diz que “infelizmente, devido à pandemia, não pude retornar ao Brasil para participar, presencialmente do 4º e último módulo. Mediante à minha realidade e à de muitos colegas de curso, a coordenação nos ofereceu a oportunidade de participarmos no formato EAD.  Apesar de todas as ferramentas necessárias terem sido disponibilizadas, sinto não poder participar presencialmente, pois o convívio e a troca de experiências com os colegas e professores é insubstituível. Também tive que fazer alguns ajustes em relação aos horários devido à diferença de fuso, porém, isto não me atrapalha no aprendizado e estou satisfeita com o formato apresentado”. 

Para mais informações clque aqui.

 

Padre Daniel Aparecido de Campos, scj 
Coordenador do Curso de Administração de Empresas 
Coordenador do Curso Lato Sensu em Gestão Religiosa e Paroqui

Nenhum comentário

Publique um comentário

WhatsApp chat