Ordem

Sacramento da Ordem

O que é?

O Sacramento da Ordem é um Rito Sagrado que confere à homens chamados a servir à Igreja através de uma consagração que compromete sua vida por inteiro ao Serviço (Ministério) da mesma Igreja, na participação direta no serviço apostólico. Ou seja, no serviço que o Senhor Jesus conferiu especificamente aos Apóstolos, hoje sucedidos pelos Bispos de todo o mundo confirmados e unidos ao sucessor de Pedro o Santo Padre, o Papa.

O Sacramento da Ordem faz parte dos Sacramentos do Serviço, ou seja, trata-se de uma opção vida estável discernida segundo a vontade de Deus. Por isso requer daquele que irá receber este sacramento uma disposição mínima e uma vocação comprovada e aprovada pelas autoridades da Igreja juntamente com sua comunidade. O mesmo vale para o matrimônio. Pois, exigirá uma dedicação por toda a vida.

O Sacramento da Ordem existe em três graus: EPISCOPADO, trata-se dos bispos, sucessor dos apóstolos, o PRESBITERATO (padres), que são extensão da presença do bispo em uma porção menor da Igreja e o DIACONATO (diáconos) em relação aos bispos, procede da mesma forma que os padres, porém, não presidem todos Sacramentos e são chamados aos serviços de administração dos bens da Igreja e da caridade para com os mais necessitados. Também exerce algumas funções próprias dentro da Liturgia, sobretudo ministérios ligados à proclamação e anúncio da Palavra, serviço do altar e da distribuição da Sagrada Eucaristia. Diferente dos outros graus, este acolhe também, além dos que se preparam para o grau do presbiterato, homens que são casados e vivem sua vocação de modo exemplar.

De modo geral, os que recebem o Sacramento da Ordem participam do chamado Ministério Sacerdotal de Cristo. Todos os batizados participam de certo modo do único sacerdócio de Cristo, estes porém, servem de modo ministerial ou seja, estão sob outro ordenamento. Exercem o pastoreio, o cuidado, a administração, a formação, a evangelização de modo integral e exclusivo, como quis o Senhor Jesus ao escolher um grupo dos apóstolos. Estes estão sob “a ordem” do servir na Igreja. Servir a quem? A todos os batizados para que vivam em comunhão com o sumo e eterno SACERDOTE que o Cristo.

Cristo é o único e supremo sacerdote, os que são chamados à Ordem, o exercem em união com Cristo Pastor e guia, Cabeça da Igreja, e os que são chamados ao Sacerdócio comum dos fieis, exercem o Sacerdócio nas coisas comuns do cotidiano da vida: profissionais, pais, mães, estudantes, empresários, políticos, voluntários…

Como surgiu?

Surgiu do próprio Jesus a partir das ordenanças que encontramos em alguns momentos do Evangelho: Jesus escolhe discípulos, um grupo mais próximo dele, a fim de compartilhar com eles sua obra de salvação, enviando-lhes o Espirito Santo, como a todos os discípulos de Jesus que também não eram deste grupo dos doze. Mas à este grupo, outorga-lhes, além dos dons do Espírito também o poder das chaves do Céu; assim diz a Pedro, certamente incluindo os demais discípulos: “…sobre TI EDIFICO a minha Igreja… eu te dou as CHAVES” (Mt 16,18-20)  “IDE e FAZEI discípulos todas as nações” (Mt 28,19-20) “não fostes vós que me escolhestes, mas EU VOS ESCOLHI” (Jo 15,16) ; DAI-LHES vós mesmos de comer” (Lc 9,13); “FAZEI ISTO em memória de mim” (Lc 22,19; 1Cor. 11,23-26) São, entre tantas outras, ORDENANÇAS de Cristo que a tradição da Igreja, ao longo do séculos, sempre compreendeu como as ordenanças a este grupo especifico de discípulos, chamados depois Apóstolos. Por serem as testemunhas mais próximas do Senhor Jesus e estarem dedicados integralmente ao seguimento dele. A estes, o próprio Senhor confere uma autoridade de governo, direção, de coordenação, como também o poder de sucessão da mesma condição a outros que aprouverem achar aptos para essa condição de vida e serviço à Igreja do Senhor Jesus, donde se constituí, por obra do Espírito Santo, no seio desta mesma Igreja, o precioso Sacramento da Ordem.

O Rito do Sacramento da ordem, em todos os graus, dá-se numa celebração eucarística presidida sempre por um Bispo, só este pode conferir o Sacramento em todos os graus.

A celebração reveste-se de uma solenidade, e em cada grau há sinais próprios que indicam seu ministério específico, porém em todos os casos o gesto que confere o sacramento é a imposição das mãos e a fórmula consacratória própria. No caso do grau do presbiterato (padres) e episcopado (bispos) também se faz unções próprias com óleo santo do Crisma.

Quem pode recebê-lo?

Homens solteiros (no caso dos três graus), que sentem-se vocacionados a este serviço, e fazem junto à Igreja um processo de discernimento para atestar sua vocação à este Sacramento. Após este primeiro discernimento junto à comunidade de origem, o candidato passa pelo processo de formação e estando apto é admitido à Ordem. No grau do diaconato, a Igreja, escolhe também, alguns homens que são casados, diferente dos demais graus, que por exigências próprias da vocação deve ser vocacionado à viver a castidade no celibato.

No Santuário

– Não existe uma programação especifica de ordenações no Santuário, pois o candidato pode escolher a Igreja onde se celebrará este sacramento. Aqui já houve diversos momentos em que se Celebrou o Sacramento da Ordem. Vide alguns registros de ordenações que aconteceram no santuário.

– fotos, registros de ordenações que aconteceram no santuário (pode deixar o espaço até que providenciemos as fotos   (EM BREVE ILUSTRAÇÕES)

– Caso você sente o desejo de discernir se tem vocação para este Sacramento, procure nosso serviço e atendimento e acompanhamento para as vocações pelos contatos que seguem:

APROFUNDE MAIS SOBRE ESTE SACRAMENTO ACESSANDO:

Documento Presbytetorum Ordinis do Concílio Vaticano II:
http://www.vatican.va/archive/hist_councils/ii_vatican_council/documents/vat-ii_decree_19651207_presbyterorum-ordinis_po.html

Catecismo da Igreja Católica:
http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p2s2cap3_1533-1666_po.html

Código de Direito Canônico:
http://www.vatican.va/archive/cod-iuris-canonici/portuguese/codex-iuris-canonici_po.pdf  §1008-1054

Ritual da Ordenação de Bispos, Presbíteros e Diáconos:
http://www.liturgia.pt/pontificais/Ordenacoes.pdf

PARA OBTER INFORMAÇÕES SOBRE A PASTORAL VOCACIONAL DO SANTUÁRIO LIGUE:
(11) 3504 – 5700

WhatsApp chat