fbpx
Horários e funcionamento do Santuário

Horários do Santuário São Judas Tadeu

Missas
Segunda a sexta-feira às 7h, 9h, 12h, 15h, 17h, na igreja antiga, e às 20h, na igreja nova.
Sábados às 7h e 19h30 na igreja antiga e às 9h, 12h e 15h, na igreja nova.
Domingos às 7h, 8h30, 10h, 12h, 15h, 16h30, 18h e 19h30, na igreja nova.
Dia 28 de cada mês às 6h, 7h, 8h30, 10h, 12h, 13h30, 15h, 17h, 18h, 19h e 20h30, na igreja nova.

Confissões e Orientação com os sacerdotes
Segunda a sexta-feira das 8h às 20h.
Sábados das 8h às 18h. Domingos das 8h às 18h, na Capela de Bênçãos.
Dia 28 de cada mês, somente Confissões das 6h45 às 19h, no Salão Dehon.

Bênçãos
De segunda a sexta-feira das 8h às 20h.
Sábados das 8h às 18h.
Domingos ao final de cada missa.
Dia 28 de cada mês das 6h às 21h, na Sala São Judas.

Obra Social
De segunda a quinta-feira, das 08h30 às 13h30, realiza-se a triagem dos casos e atendimento às pessoas que passam por dificuldades e necessitam de ajuda, suprimento de suas necessidades básicas ou de orientação e encaminhamento para outros recursos da comunidade.

Farmácia Comunitária
Segundas e quartas-feiras, das 8h às 11h e das 13h às 16h. Sextas-feiras, das 8h às 11h e das 13h às 15h. Sábados, das 8h às 11h. Dias 28 de cada mês não há atendimento.

Secretaria Paroquial
Segunda a sexta das 8h às 20h.
Sábado e domingo das 8h às 18h.
Telefone: (11) 3504-5700

Loja de Artigos Religiosos São Judas
De segunda a sexta-feira das 7h30 às 20h.
Sábados e domingos das 7h30 às 18h. Dia 28 de cada mês das 6h às 21h.
E-mail: lojasjt@terra.com.br / Tel: (11) 2275-0724
www.lojasaojudastadeu.com/

Missas aos domingos na TV Band e Rádio Capital 1040AM
Domingo às 7h pela TV Band e Rádio Capital 1040 AM

Rádio 9 de Julho 1600 AM
Santa Missa de segunda a sexta-feira às 17h;
Amanhecer com Esperança com Pe. Cláudio Weber, scj, diariamente às 05h55;
O Pão da Palavra com Diácono Erick Max, scj, de segunda a sábado às 06h55 e às 20h
O Poder da Palavra com Pe. Antônio dos Santos, scj, de segunda a sexta-feira às 16h;
A Missa Continua com Diácono Erick Max, scj, de segunda a sexta-feira às 17h50.

Lugar privilegiado para a comunhão eclesial

Março/2019

Cada dia é um dom, é graça de Deus a todos que crêem, especialmente aos devotos que recorrem à intercessão de São Judas Tadeu, na Paróquia e Santuário do Jabaquara. Caminhamos, em 2019, nos preparando para celebrar os 80 anos da comunidade (25/01/2020). Todo mês, no dia 25, vamos rezar, em toda santa missa, por este Jubileu: celebrar, agradecer e seguir com esperança!

No dia a dia, conhecemos pessoas de muita fé por aqui. É só vir, por exemplo, à santa missa das 7h da manhã, e encontrar-se com a sra. Vanda Batista dos Santos, 93 anos. Vanda participa da celebração diária, antes de ir trabalhar. Sim, ela ainda trabalha, em consultório médico, e é voluntária da Paróquia, desde que chegou de Minas Gerais para morar em São Paulo, em 1929. “Quando foi abençoada a pedra fundamental da igreja nova, eu estava presente”, conta orgulhosa e declara: “São Judas foi a primeira Paróquia que conheci na cidade e foi amor à primeira vista. Minha igreja é essa. Nesses anos todos, ajudei em vários eventos, sempre como voluntária. Dedicar-me à Igreja é uma bênção do Céu. Aqui não tenho inimizades, sou bem acolhida… Quero continuar fazendo amizades e completar meus 94 anos em Setembro, com a graça de Deus”.

Como dna. Vanda, muitos paroquianos, agentes de pastoral e voluntários têm na Paróquia uma extensão da própria casa. Este é o caso de Susana Regina de Souza, que alcançou uma grande graça através da vivência em comunidade: “Minha conversão foi graças a São Judas há 7 anos. Eu me confessava, comungava e passei a vir do trabalho a pé até o Santuário, pedindo minha conversão e libertação. Consegui largar o vício do cigarro e nunca mais fumei. Logo depois, descobri três nódulos na garganta, através de exames, pois minha garganta doía. Depois de um ano, rezando muito, fazendo jejum, confessando e comungando nas missas do Santuário, me entregando a Deus e agradecendo diante do Santíssimo Sacramento, refiz os exames e não deu mais nada. Estou curada! O médico disse que eu deveria testemunhar esse milagre. Fui libertada pela confissão, penitência e jejum. São Judas Tadeu me trouxe aqui e Deus me concedeu essa grande graça!”, desabafa emocionada.

A Paróquia é a Igreja perto de nós, com a riqueza de todos os seus membros, na diversidade e na unidade. Da Paróquia nos abastecemos espiritualmente, através da Palavra, dos Sacramentos, com a integração e o testemunho dos irmãos, em Cristo. Num dia 28, encontrei Everly Jones Longo Raimo e o seu marido, Roberto Knopf, na igreja antiga, de joelhos. Perguntei se haviam alcançado alguma graça, em especial, e eles responderam que não, que a gratidão é um hábito. Everly disse: “Eu e meu marido lutamos muito juntos e somos abençoados, por não termos enfermidades e conseguir superar todas as dificuldades, juntos. Passamos por tempos difíceis, mas estamos conseguindo superar tudo e pagar todas as dívidas. Estamos sempre aqui, agradecendo. Somos casados há 17 anos e termos um ao outro é o maior presente de Deus pra nós”.

Esses fiéis compõem a história de uma Igreja que é muito mais do que suas paredes. Vidas e famílias são fortalecidas e transformadas, pela fé. Como afirma o documento de Aparecida: “A Paróquia como comunidade de comunidades é a célula viva da Igreja e o lugar privilegiado no qual a maioria dos fiéis tem uma experiência concreta de Cristo e a comunhão eclesial” (DAp. N. 170). Que a preparação para o Jubileu de Carvalho dessa Paróquia, intensifique a nossa oração e nos fortaleça, em Cristo!

 

Priscila Thomé Nuzzi

Nenhum comentário

Publique um comentário

WhatsApp chat